Notícias Sindicais

Sintracom entra com medida judicial para pagamento de verbas rescisórias de trabalhadores

SINTRACOM_REUNIÃO TRABALHADORES

SINTRACOM_REUNIÃO TRABALHADORESTrabalhadores da empresa MJB Engenharia Civil Ltda. procuraram o Sintracom Londrina para denunciar a falta de pagamento das verbas rescisórias e dos salários dos últimos quatro meses de contrato. A multa de 40% sobre o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também não foi cumprida pela empresa.

Segundo o advogado Jorge Custódio, assessor jurídico do sindicato, após três tentativas de negociação com a empresa, a entidade entrou com uma medida cautelar de bloqueio dos créditos que a MJB tem com a Sanepar.

“No total, temos seis trabalhadores que estão sem salários, alguns inclusive com aproximadamente 10 anos de serviço. Entramos com essa medida com o intuito de liberar o FGTS, que não foi depositado nos últimos meses do contrato”, explicou o advogado.

Ainda não houve despacho do processo por parte do juiz, mas o Sintracom Londrina está acompanhando o caso com o objetivo de garantir que os valores sejam pagos corretamente tanto das rescisões quanto dos salários em atraso.

Fonte: Sintracom Londrina

Posts Relacionados

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register