Notícias Sindicais

Reforma Trabalhista entra em vigor e retira direitos dos trabalhadores

carteira_de_trabalhona-5011914

carteira_de_trabalhona-5011914No último sábado (11), a Reforma Trabalhista entrou em vigor após ser aprovada em tempo recorde pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer. A falta de diálogo com a sociedade para a construção do texto resultou em uma medida que retira direitos dos trabalhadores e beneficia o empresariado, além de tentar enfraquecer a atuação dos sindicatos.

As questões relacionadas à jornada de trabalho são as que mais causam a precarização das relações entre trabalhadores e empresas. Agora os bancos de horas podem ser negociados individualmente, sem a necessidade de acordo coletivo, assim como a jornada de trabalho, que pode chegar a 12 horas diárias. O tempo que o trabalhador leva no percurso até empresas de difícil acesso ou utilizando o transporte oferecido pela empresa, chamado de horas in itinere, não será mais contabilizado nas horas da jornada, nem o tempo gasto para troca de uniforme.

Para o presidente do Sintracom Londrina, Denilson Pestana da Costa, essas mudanças reforçam a necessidade de construir um sindicato forte que possa defender os direitos dos trabalhadores. “Enfrentaremos muitas barreiras nos próximos acordos e negociações coletivas, pois mesmo que a nova legislação tente deixar o trabalhador desprotegido nós seguimos lutando por melhores condições de trabalho para a categoria” destacou.

O contrato de trabalho intermitente, que permite a prestação de serviços de maneira esporádica, fazendo com que o trabalhador fique à disposição da empresa e receba apenas pelo tempo trabalhado, com o risco de uma remuneração abaixo do salário mínimo, é outro retrocesso da Reforma Trabalhista.

Fonte: Sintracom Londrina

Posts Relacionados

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register