Notícias Sindicais

Ação do Sintracom Londrina resulta em vitória para ex-trabalhador da Olaria Romano

Na última terça-feira (23), aconteceu a audiência de conciliação de um ex-trabalhador da Olaria Ronano, que fica em Cornélio Procópio (PR). A ação foi movida após uma denúncia feita por funcionários ao Sintracom Londrina, contando que as verbas rescisórias não haviam sido pagas corretamente e que não recebiam o adicional de insalubridade, obrigatório para as atividades que eles exerciam na empresa.

Depois que o sindicato entrou com a ação, pedindo o bloqueio e o penhor dos bens da empresa, foram encontradas dificuldades para que a determinação da Justiça fosse cumprida. Os proprietários da olaria chegaram a esconder um caminhão e uma pá carregadeira, o que foi visto pelos trabalhadores, que registraram a situação e informaram à juíza que cuidava do caso.

Após essa denúncia, a juíza solicitou esclarecimentos e determinou aos donos da empresa a entrega dos bens à Justiça com urgência.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com o assessor jurídico do sindicato, Jorge Custódio, foram feitas quatro ações individuais até o momento para que os trabalhadores recebam o que a Olaria Ronano deve a eles, incluindo uma indenização.

“Após a dispensa dos funcionários, os empregadores não pagaram todas as verbas rescisórias nem o FGTS [Fundo de Garantia do Tempo de Serviço] e também identificamos a falta do pagamento do adicional de insalubridade no contrato de trabalho. Muitos dos trabalhadores atuavam em locais com muito barulho e em contato com fornos”, lembra Jorge.

Reunião Olaria 2A negociação realizada na audiência com o primeiro trabalhador se estenderá para o restante dos funcionários que entraram com a ação e as conciliações devem acontecer no início de março.

“Essa foi mais uma vitória da família Sintracom Londrina, com a participação dos diretores nas reuniões, acompanhando todo o processo judicial. Continuaremos trabalhando para que os trabalhadores recebam o que é deles por direito e para fazer com que a empresa cumpra suas obrigações”, destacou o assessor jurídico.

Fonte: Sintracom Londrina

Posts Relacionados

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register